Residencial

Troca de Titularidade

Como alterar o nome do titular da unidade consumidora?

Para solicitar a troca de titularidade é imprescindível que todos os débitos existentes tanto na unidade consumidora quanto em nome do cliente solicitante estejam quitados. Para solicitar o serviço, basta dirigir-se a uma agência de atendimento com a seguinte documentação: a) Pessoa Física: Cópia autenticada/legível ou cópia/legível e original do RG ou outro documento oficial com foto e CPF; Pessoa Jurídica: Cópia autenticada/legível ou cópia/legível e original do CNPJ, Contrato Social e do RG e CPF do responsável legal; e b) Se proprietário do imóvel: Cópia autenticada/legível ou cópia e original de escritura Pública e/ou Contrato de Compra e Venda, com firma reconhecida, ou outro documento idôneo que comprove a propriedade do imóvel. Se o solicitante for o locatário: Cópia autenticada/legível ou cópia e original do respectivo Termo Contratual (Locação, Cessão, Doação, Dação, Troca ou Permuta, Comodato, Mutuo e Sublocação) com firma reconhecida, conjuntamente com a Escritura Pública e/ou Contrato de Compra e Venda, com firma reconhecida, ou outro documento idôneo que comprove a propriedade do imóvel do locador. Além disso, deve informar a data de ocupação do imóvel e a leitura registrada no medidor. Para os casos em que o débito não seja de responsabilidade do solicitante deve ser apresentado além dos documentos acima, contrato de locação e escritura do imóvel ou outro documento que comprove a propriedade do locador (nesse caso, a documentação deve ter firma reconhecida e autenticação em cartório).

Solicitar religação

Como solicitar religação?

Primeiramente, o débito que gerou a suspensão do fornecimento deve está quitado. Com a conta paga, dirija-se à agência de atendimento mais próxima para solicitar a religação ou entre em contato com o Centro de Atendimento ao Cliente – CAC pelo número 0800 721 3330. A solicitação pode ser realizada também por SMS pelo número 27382.
Para solicitar religação comum digite RELIGA, tecla espaço, digita o número da Unidade Consumidora (UC) e envie para o número 27382. A Celtins informa o prazo para o serviço e avisa para que apresente as faturas pagas no ato da religação. Se o pedido de religação tiver sido feito por outro meio, você recebe a informação de que a ordem de serviço já está em andamento.
Para solicitar religação de urgência* digite RELIGAURGENTE, tecla espaço, digita o número da Unidade Consumidora (UC) e envie para o número 27382. A Celtins informa o prazo para o serviço e avisa para que apresente as faturas pagas no ato da religação de urgência. Se o pedido de religação tiver sido feito por outro meio, você recebe a informação de que a ordem de serviço já está em andamento.
*Disponível em: Palmas, Araguaína, Gurupi, Augustinópolis, Colinas, Guaraí, Dianópolis, Miracema, Paraíso, Porto Nacional e Tocantinópolis.
* Os serviços de religação comum e religação de urgência serão cobrados em sua próxima conta de energia.

Nova Ligação e Religação

Como solicitar nova ligação?

O solicitante deve comparecer a uma agência de atendimento e apresentar os seguintes documentos: a) Pessoa Física: Cópia autenticada/legível ou cópia/legível e original do RG ou outro documento oficial com foto e CPF; Pessoa Jurídica: Cópia autenticada/legível ou cópia/legível e original do CNPJ, Contrato Social e do RG e CPF do responsável legal; b) Se proprietário do imóvel: Cópia autenticada/legível ou cópia e original de Escritura Pública e/ou Contrato de Compra e Venda, com firma reconhecida, ou outro documento que comprove a propriedade do imóvel; Se o solicitante for o locatário: Cópia autenticada/legível ou cópia e original do respectivo Termo Contratual (Locação, Cessão, Doação, Dação, Troca ou Permuta, Comodato, Mútuo e Sublocação) com firma reconhecida, conjuntamente com a Escritura Pública e/ou Contrato de Compra e Venda, com firma reconhecida, ou outro documento que comprove a propriedade do imóvel do locador.

Além dos documentos a serem apresentados, o solicitante deve informar:

- Carga instalada na unidade consumidora (relação dos aparelhos elétricos que serão utilizados na unidade consumidora);
- Tipo de ligação (monofásica, bifásica, trifásica ou polifásica);
- Endereço completo e ponto de referência do local a ser ligado;
- Atividade desenvolvida na unidade consumidora.

Atenção: O padrão de entrada deverá estar de acordo com as normas técnicas e de segurança, enumerado e com livre acesso aos funcionários da concessionária.

Falta de energia

O que fazer quando falta energia?

Se não houve corte por falta de pagamento da conta de energia, verifique na caixa de medição se a chave ou disjuntor estão desarmados. Certifique-se também se o problema não ocorre na vizinhança. Constatada a queda no fornecimento, contate o Centro de Atendimento ao Cliente – CAC pelo número 0800 721 3330 e informe todos os dados que puder para facilitar o trabalho dos técnicos ou envie uma mensagem de texto para a Celtins pelo SMS 27382. Digite LUZ, tecla espaço, digita o número da Unidade Consumidora (UC) e envie para o número 27382. A Celtins reponde, via SMS, se já sabe o motivo da falta de energia, se há ou não previsão de para retorno, e um número de protocolo. O atendimento emergencial funciona 24 horas por dia.

Débito automático

Como solicitar o débito automático da fatura de energia em minha conta bancária?

Comparecer a sua agência bancária para solicitar autorização do débito automático da conta de energia elétrica.

Obs.: Verificar se o seu banco oferece a opção de débito automático.

Aumento de carga

Como solicitar aumento de carga?

Todo aumento de carga exige um novo padrão para a instalação elétrica, de acordo com as especificações técnicas da concessionária. Para solicitar o aumento, entre em contato com o Centro de Atendimento ao Cliente – CAC ou dirija-se a uma agência comercial.

Informações sobre Cortes

Em quais situações ocorre o corte de energia em uma Unidade Consumidora (UC)?

De acordo com a Resolução da ANEEL nº 414/2010, a empresa está autorizada a suspender o fornecimento de energia elétrica nos seguintes casos: - De imediato: quando constatada ligação clandestina que permita a utilização de energia elétrica, sem que haja relação de consumo; Quando constatado o fornecimento de energia elétrica a terceiros por aquele que não possua outorga federal para distribuição de energia elétrica, a distribuidora deve interromper, de forma imediata, a interligação correspondente, ou, havendo impossibilidade técnica, suspender o fornecimento da unidade consumidora da qual provenha a interligação; quando for constatada deficiência técnica ou de segurança na unidade consumidora que caracterize risco iminente de danos a pessoas, bens ou ao funcionamento do sistema elétrico. - Com aviso prévio: pelo impedimento de acesso para fins de leitura, substituição de medidor e inspeções, devendo a distribuidora notificar o consumidor até o terceiro ciclo de faturamento seguinte ao início do impedimento; pela inexecução das correções indicadas no prazo informado pela distribuidora, quando da constatação de deficiência não emergencial na unidade consumidora, em especial no padrão de entrada de energia elétrica; ou pela inexecução das adequações indicadas no prazo informado pela distribuidora, quando, à sua revelia, o consumidor utilizar na unidade consumidora carga que provoque distúrbios ou danos ao sistema elétrico de distribuição, ou ainda às instalações e equipamentos elétricos de outros consumidores. Suspensão por inadimplemento, referente ao não pagamento dos valores cobráveis e faturas conforme especificado no artigo 172 da Resolução da ANEEL nº 414/2010.

Informações sobre Débitos

Quais são os débitos que condicionam a abertura de um pedido de ligação, religação, troca de titularidade e/ou, troca de padrão?

Pedido de Ligação - Débitos vencidos em nome do solicitante em qualquer unidade consumidora da área de concessão.
Religação – O débito que originou a suspensão do fornecimento.
Troca de titularidade – Débitos em aberto na unidade consumidora da solicitação do serviço e débitos vencidos em nome do titular em potencial.
Troca de padrão – Débitos vencidos em nome do titular/solicitante e na unidade consumidora.

Solicitação de Desligamento

Como solicitar o desligamento de uma Unidade Consumidora (UC)?

Entre em contato com o Centro de Atendimento ao Cliente - CAC ou procure uma agência de atendimento e forneça o RG (pessoa física) e CPF do titular da unidade consumidora ou CNPJ (pessoa jurídica), RG e CPF do responsável legal.

Leitura

Por que não há leitura mensal nas zonas rurais?

Conforme a Resolução ANEEL da nº 414/2010, em unidades consumidoras do grupo B localizadas em área rural, a distribuidora pode efetuar as leituras com base na média de intervalos de até 12 (doze) ciclos consecutivos. O consumidor pode mensalmente, obedecendo o calendário de faturamento, informar a leitura, caso não o faça ocorrerá o faturamento por média; a distribuidora deve realizar a leitura no ciclo subsequente sempre que o consumidor não efetuar a leitura por 2 (dois) ciclos consecutivos.

Ressarcimentos

Como solicitar ressarcimento relativo a danos causados em aparelhos elétricos devido a falhas no sistema?

Basta preencher o formulário de ressarcimento e esperar que a empresa entre em contato. Se você não tiver acesso à internet, também pode entrar em contato com o Centro de Atendimento ao Cliente – CAC ou procurar uma agência comercial com a última conta paga e cópia do RG, CPF ou CNPJ. Os demais procedimentos serão informados no próprio local. Atenção: Não encaminhe o aparelho danificado para conserto antes que um funcionário da concessionária verifique o dano causado.

Troca de Classificação

Quais documentos são necessários para alterar a classificação da unidade consumidora para rural?

O cliente deve procurar uma agência de atendimento com cópia autenticada ou cópia e original de: CPF e RG, documento que comprove a localização e documento que comprove a atividade rural expedido por órgão competente.

Unidade Consumidora (UC)

O que é Unidade Consumidora?

Unidade Consumidora ou UC é o conjunto composto por instalações, ramal de entrada, equipamentos elétricos, condutores e acessórios, incluída a subestação, quando do fornecimento em tensão primária, caracterizado pelo recebimento de energia elétrica em apenas um ponto de entrega, com medição individualizada, correspondente a um único consumidor e localizado em uma mesma propriedade ou em propriedades contíguas.